CONTOS & LENDAS
A ARTE DE enCANTAR
na LITERATURA POPULAR PORTUGUESA

por JORAGA o acrónimo de JOsé RAbaça GAspar e outros mais de 1001 deNÓMIOS...

contacto © joraga ®

LLL in MGiacometti

CONTOS & LENDAS

Serra da Estrela

ALENTEJO
uma TEIA infindável de Contos & Lendas

 

12 - TRADIÇÃO - SERPA - Revista de 1899 - 1904

CONTOS & LENDAS

 

 

 

 

 

 


LENDA LOCAES
(Pedrógão do Alemtejo)
A. Rosa da Silva
III - As Mouras Encantadas

In Tradição II vol. Anno IV, Nº 4, Abril de 1902, Volume IV, pp. 61

I - O Sino de São Lourenço
II - A Pedra das Bruxas

[Digitalizado por joraga (em finais de 2009), (para AA Cultural, Almada), procurando manter a grafia registada na época.]

LENDAS LOCAES

As Mouras Encantadas

"Junto desta aldeia, existe no meio d'um ferragial uma enorme pedra denominada "Penedo Gordo". Este penedo, de configuração irregularmente oval, apresenta um aspecto imponente e causa a admiração dos forasteiros, que pela primeira vez o vêem. A elle anda tambem ligada a sua lenda, conforme vamos referir: ´

No interior do mencionado penedo, habita uma moura encantada, a qual, já farta d'esperar pelo seu desencantamento, costuma sahir na noite de São João, em figu-ra d'uma grande cobra, á procura de quem lhe quebre o encanto. E como ainda não encontrou ninguem que, em a vendo, não fugisse, não se sabe em que consiste o seu encante.

Porisso, a pobre da moura lá continúa carpindo as suas maguas dentro do grande pedregulho.

De mouras encantadas, temos aqui abundancia. Eis os sitios onde ellas residem:

Figueira Redonda, Pedras do Texugo, Oliveira da Cobra, Penedo Rachado e, um pouco mais distante, Figueira da Nevoa. Nada menos de seis residencias!

Tal era a tendencia dos meus antigos conterraneos para o maravilhoso, que em toda a parte viam, ou suppunham ver, coisas sobrenaturaes.

Para não fatigar o leitor com a descripção de lendas, que mais ou menos se asse-melham, citarei apenas um caso, na verdade extraordinario, que ha tempo succe-deu no Penedo Rachado.

O dito Penedo fica entre o Pedrogão e o rio Guadiana. E' um pouco mais pequeno que o Penedo Gordo, e está lascado d'alto a baixo, em virtude d'uma faisca electrica. D'ahi lhe vem a designação de - rachado.

Eis o caso:

Uma tarde, pelo tempo da ceifa, sumiu-se uma menina de tres annos. Os paes (que ainda existem) e mais familia, todos em grande afflicção fizeram as maiores dili-gencias no resto da tarde e durante a noite inteira para encontrar a creança, a qual, só na manhã do dia seguinte, se lhe deparou, dormindo em cima do tal penedo. Até hoje ainda se não poude explicar como a menina poude apparecer sobre aquelle rochedo.

A familia attribue o facto a milagre de Santo Antonio, a quem tinham encommen-dado a creança;
o leitor attribuil-o-ha ao acaso;
e eu, para romantisar o acontecimento, prefiro attribuil-o á. Moura!

(Pedrogáo do Atemtejo).

A. ROSA DA SILVA.

 

E-Mail: joraga@netcabo.pt e joraga@netc.pt
pelo telefone 212553223 ou pelos Telmv. 919777714 e 91 763 25 24
e pelo CORREIO: Avenida Amélia Rey Colaço, 5, r/c Esqº - 2855-500 CORROIOS.
visite ainda a minha TEIA na REDE além de joroga.net - joraga/alice/osrabaca/serradaesrela/gilvicente/cart2326/

Compatível com IE/Netscape na resolução 800x600
Joraga 2000 em viagem