contacto © joraga ®

2012 09 30 - Lendas de Beja em 7 países - contactos...
2012 09 16 - Na Escola de Santa Maria, Beja, o projecto COMENIUS leva os contos e lendas a vários países da Europa...
2012 09 12 - 9 versões - do Touro e da Cobra (títulos em Português e Inglês) (in JRG BUBOK). (O resumo das 9/10 versões da LENDA pode ver em pt.scribd.com - 10-Resumos

2012 - a Lenda de Beja no projecto COMENIUS (inglês)

novo PONTO - 10 - Lendas devolvidas a Beja

2012 07 30 - DIÁRIO do ALENTEJO - entrevista com Carla Ferreira.
http://da.ambaal.pt/noticias/?id=2031

ponto UM - Algumas magens da apresentação, na EDIA, dia 29 de Junho de 2012

ponto DOIS - Apresentação do Presidente

ponto TRÊS - Apresentação por Maria Natália Quinta Queimada

ponto QUATRO - Leitura expressiva por Filipa Quinta Queimada

ponto CINCO - Apresentação por António Paisana

ponto SEIS - O autor devolve as lendas aos seus legítimos proprietários...

ponto 6 extra - in Diário do alentejo

ponto SETE - Convite da EDIA enviado quinze dias antes

ponto OITO - Resumo de uma entrevista do autor à BUBOK

ponto NOVE - Convite / Informação do autor...

 

APRESENTAÇÃO29 de Junho de 2012, 18 Horas, no Auditório da EDIA


Pelas 18 horas do dia 29 de Junho de 2012 - Com honrosa apresentação / introdução do Ex.mo Presidente do Conselho de Administração da EDIA - João Cláudio Cabral de Oliveira Basto - Beja, seguida de notáveis apresentações da Professora de Clásicas, Natália Quinta Queimada e do Professor Pintor / Artista, António Paisana, tive o privilégio de apresentar AS LENDAS DE BEJA, no auditório da EDIA, um ESPAÇO aberto A INICITIVAS CULTURAIS, em BEJA, uma vez que, também na CULTURA, "TUDO NASCE DA TERRA" e o ALQUEVA... e ÁGUA... são vitais para a PRODUÇÃO de RIQUEZA / DESENVOLVIMENTO...
Deram-me a HONRA de estar mais de meia centena de AMIGOS... OBRIGADO.
Mensagem base: "Devolver o seu a seu dono... Ddevolver as LENDAS ao Povo que as criou..."

(Em breve mais algumas imagens... deste CONVÍVIO)

Resumo da APRESENTAÇÃO da EDIA


Ex.mo Presidente do Conselho de Administração da EDIA
João Cláudio Cabral de Oliveira Basto

Resumo da APRESENTAÇÃO da EDIA

LENDAS DE BEJA O TOURO E A COBRA E OUTRAS LENDAS...
LANÇAMENTO DE LIVRO NA EDIA
Beja, 26 de junho de 2012

Na sequência da descoberta durante uma intervenção arqueológica de um touro em cerâmica com mais de 3 mil anos, a EDIA associa-se ao lançamento do livro "LENDAS DE BEJA - O TOURO E A COBRA E OUTRAS LENDAS..." da autoria de José Rabaça Gaspar, a ter lugar na próxima 63 feira, dia 29 de junho, no auditório da EDIA em Beja.

A representação do touro e a simbologia que lhe está associada, relacionada com mitos e religiosidade, surge desde tempos remotos.
José Rabaça Gaspar, professor de literatura, poeta e investigador, dedicou parte da sua vida à recolha de lendas e estórias que marcam a identidade cultural das gentes de Beja.

A lenda da Cobra e do Touro, recolhida em diversas versões orais, é das lendas de Beja a mais interessante e rica em conteúdo.

O dia do lançamento do livro, 29 de junho, coincide com o último dia da exposição do Touro na galeria da EDIA. O Touro, datado do século VII/VI a.c. foi recuperado numa das cerca de 1.300 intervenções arqueológicas promovidas até à data por esta Empresa, nomeadamente no sítio arqueológico Cinco Reis 8, intervencionado no âmbito da empreitada de execução do Troço de Ligação Pisão-Beja, infraestrutura da rede primária do Subsistema de Rega de Alqueva.


Carlos Silva, da área Cultural da EDIA - Beja

Natália Quinta Queimada


Natália Quinta Queimada - a sua visão das LENDAS...

Filipa Quinta Queimada


Filipa Quinta Queimada - no Velho Cigano Cego... que lê nas letras das estrelas...

... e os olhos do velho viram-na bailar
em redor da fogueira a viram dançar
seu corpo ondulante em voltas girar
ao redor do fogo a serpentear
rodando encantada em círculo-espiral
em dança magia à luz do luar
de mulher serpente a enfeitiçar
os olhos ciganos incréus a olhar...

...

E olhos do velho cansados de olhar
em redor do mundo, tanto admirar
mudo com o espanto de ver, sem captar,
guerras, mortes, lutas a vida gerar...
olhando as estrelas, olhando o luar
de boca fechada, como a murmurar
incapaz de entender o saber ancestral
que lia nas letras do livro universo
escrito em estrelas em forma de versos
sem saber o quê, como interpretar...

António Paisana


António Paisana na sua visão das "visões" e linguagens do autor...

 


O TRIO da APRESENTAÇÃO... Natália Quinta Queimada, António Paisana e José Rabaça

José Rabaça devolve as LENDAS


O GESTO SIMBÓLICO... José Rabaça devolve as LENDAS aos seu legítimos proprietários... o Povo que as cria e continua a criar...

Os melhores agradecimentos pela gentileza e atenção de
Elisabete Barroso
Técnico Superior | Gab. Relações Públicas e Comunicação
www.edia.pt

-------------------------------------------------------
in diário do alentejo - http://da.ambaal.pt/agenda/?id=718

29 Junho > Livros > Beja

O touro e a cobra por José Rabaça Gaspar
Livro Lendas de Beja lançado na sexta-feira

José Rabaça Gaspar andou a investigar “sobre a identidade cultural das gentes de Beja” e o que daí resultou é o livro que será lançado sexta-feira, no auditório da EDIA, a partir das 18 horas. Lendas de Beja – O Touro e a Cobra e outras Lendas é uma edição da Bubok e um desafio do autor para uma “reflexão crítica”, ou seja, para uma “leitura atenta dos valores culturais tradicionais que definem a Identidade de um povo, a fim de conseguirmos uma tomada de consciência que nos permita uma intervenção cívica válida, na sociedade em que vivemos”.

---------------------------------------

CONVITE EDIA - enviado duas semanas antes...
Apresentação, dia 29 de Junho de 2012, 18 Horas, no Auditório da EDIA, Rua Zeca Afonso, 2, Beja

Extractos de uma entrevista do autor

Um CONVITE / INFORMAÇÃO do autor que não substitui o CONVITE OFICIAL a ser enviado pela EDIA, que gentilmente aceitou a proposta da apresentação desta obra...

Extracto de uma Entrevistaa José Rabaça Gaspar,
autor da Bubok

Ver a entrevista completa em
http://www.bubok.pt/blog/entrevista-a-jose-rabaca-gaspar-autor-da-bubok/

“... [sobre o livro] talvez não se trate simplesmente “de uma investigação (sua) sobre a identidade cultural das gentes de Beja”, mas de algo mais abrangente a precisar de um estudo mais apurado e abrangente...”

...

3. O livro “Lendas de Beja – O Touro e a Cobra e outras LENDAS” é fruto de uma investigação sua sobre a identidade cultural das gentes de Beja. O que o levou a escrevê-lo?

Esta Lenda talvez não tenha sido fruto de uma investigação programada e procurada. Nasceu da proposta que fazia aos alunos, quando me diziam que não gostavam dos textos que vinham nos manuais… – Então, tragam-me as vossas “estórias”, contadas pelos vossos pais e avós… um dia, uma aluna esboçou o fio de uma lenda que toda a gente sabia, mas ninguém contava, ou lhe dava qualquer importância! Assim, talvez não se trate simplesmente “de uma investigação (sua) sobre a identidade cultural das gentes de Beja”, mas de algo mais abrangente a precisar de um estudo mais apurado a envolver especialistas de várias áreas do saber, coisa que não é muito levada a sério em Portugal, apesar dos apelos de muitos Mestres, como José Leite de Vasconcellos, que considera este estudo como base para um enraizado desenvolvimento…


infoinconformista.blogspot.pt/2008_10_01

«Quando um povo, em virtude das más cabeças dos homens que o constituem, ou das condições históricas e gerais, está em decadência, como o nosso, permita-se ao menos aos que amam a terra em que nasceram furtar-se, pela contemplação e estudo das coisas do passado, às misérias do presente (...)»

José Leite de Vasconcelos
in "Religiões da Lusitânia"
(1897-1913; em três volumes)

6. O que tem feito para promover o livro?

Creio que tenho feito um pouco como o autor de “O Principezinho”, Antoine de Saint-Exupéry. Tentou desenhar uma imagem que muito o impressionara “uma jibóia a engolir uma fera (…). Mostrei a minha obra-prima às pessoas crescidas e perguntei-lhes se o meu desenho lhes metia medo. E elas responderam-me: ‘Porque é que um chapéu havia de meter medo?’ ”Mas aquilo, o meu desenho, ‘obra-prima’ era uma jibóia a hibernar digerindo um enorme elefante!!!”

CONVITE particular do AUTOR
Para a APRESENTAÇÃO só é válido o CONVITE OFICIAL da EDIA

Descrição: F:\_books_google\livros_txt_img_pdf\LendasBeja_2008\LBeja_bubok_20120321\TC_bubok_2012_016.jpg

Descrição: F:\_books_google\livros_txt_img_pdf\LendasBeja_2008\LBeja_bubok_20120321\TC_bubok_2012_002.jpg

Descrição: F:\_books_google\livros_txt_img_pdf\LendasBeja_2008\LBeja_bubok_20120321\TC_bubok_2012_003.jpg

Descrição: F:\_books_google\livros_txt_img_pdf\LendasBeja_2008\LBeja_bubok_20120321\TC_bubok_2012_013.jpg

Descrição: F:\_books_google\livros_txt_img_pdf\LendasBeja_2008\LBeja_bubok_20120321\TC_bubok_2012_027_Isaclino.JPG

Mestre Isaquelino

Descrição: F:\_books_google\livros_txt_img_pdf\LendasBeja_2008\LBeja_bubok_20120321\TC_bubok_2012_026_Paizana.JPG
Mestre Pintor PAIZANA

Com APRESENTAÇÃO de Cláudio Torres / Natália Quinta Queimada? / Paizana? Representante da Edia

Acesso ao livro em eBOOK http://www.bubok.pt/livros/5206/Lendas-de-Beja--O-Touro-e-a-Cobra-e-outras-LENDAS - com tudo a cores!

José Rabaça Gaspar, com a BUBOK EDITORA e o patrocínio de EDIA – Beja, tem o prazer de convidar os Alunos e Colegas com quem teve o privilégio de trabalhar e aprender em conjunto, entre os anos 80 e 90 do séc. XX, os Amigos de Beja, do Alentejo e do País...

Para a APRESENTAÇÃO desta obra iniciada já na década de 80 do Séc. XX e aparece como “Última Aula” / “Oração de Sapiência”, em Junho de 2012. (Esta “ÚLTIMA AULA” é já a 12ª ou 144ª!!!)

A confirmar pela EDIA

No dia 2012 / 06 / 29 – no Anfiteatro da EDIA, Rua Zeca Afonso, 2 - 7800-522 Beja, às 18H00?

Descrição: F:\_books_google\livros_txt_img_pdf\LendasBeja_2008\LBeja_bubok_20120321\TC_bubok_2012_006.jpg

 

Descrição: F:\_books_google\livros_txt_img_pdf\LendasBeja_2008\LBeja_bubok_20120321\TC_bubok_2012_011.JPG

 

Descrição: F:\_books_google\livros_txt_img_pdf\LendasBeja_2008\LBeja_bubok_20120321\TC_bubok_2012_029_desenho_TCletras.JPG

 

Descrição: F:\_books_google\livros_txt_img_pdf\LendasBeja_2008\LBeja_bubok_20120321\TC_bubok_2012_012.JPG

 

Descrição: F:\_books_google\livros_txt_img_pdf\LendasBeja_2008\LBeja_bubok_20120321\TC_bubok_2012_020_mariana2.JPG

Um LIVRO para mostrar a força e a magia da PALAVRA, É NO MÍNIMO INÚTIL, por contraditório e um factor acrescido de poluição!!!
Não polua o planeta já poluído! Está disponível em PDF e eBook.

BIO(BIBLIO)GRAFIA

 

José RABAÇA GASPAR – usando 1001 deNÓMIOS* diversos...

Professor de Língua e Literatura Portuguesa, já dispensado do Ensino Oficial, é de novo aluno...

Nasceu na Serra da Estrela, Manteigas (1938), fez o Curso Superior de Filosofia e Teologia, na Guarda, e exerceu a sua actividade, desde 1961 em várias localidades da Serra – Loriga, Gouveia, Covilhã e Ferro, passando depois pela Academia Militar, em Lisboa, antes de cumprir o Serviço Militar em Moçambique - Metanguala, Maúa e Nampula, (4 anos) tendo passado algum tempo em Angola - Luanda e Benguela.

Frequentou depois, em Paris, um Curso intensivo de Animação Cultural, para os Povos em Desenvolvimento e Alfabetização, com Paulo Freire, e esteve, 4 anos, nos Serviços de Apoio aos Emigrantes Portugueses na Alemanha onde frequentou Cursos de Alemão e leccionou Português.

De regresso a Portugal, em 1975, esteve primeiro a trabalhar nas Cooperativas Agrícolas como trabalhador agrícola, na Alfabetização e Animação Cultural tendo ingressado no ensino Oficial em 1976.

Leccionou em Rio Maior, Setúbal, Caldas da Rainha e cerca de 20 anos em Beja, Alentejo, procurando levar os alunos a aprender o melhor da Língua e da Literatura Portuguesa, a partir das suas raízes culturais. A Poesia Popular, as Canções, o CANTE, os Contos, as Lendas, os Provérbios e os usos e costumes, bem como a maneira característica de FALAR (saudações, nomes, alcunhas, expressões regionais...) serviam, normalmente, de base para aprender toda a gramática e “riqueza” da Língua e da Literatura.

Com mais de 20.000 páginas de Recolhas e Textos dispersos por mais de 200 obras alguma das quais podem ser consultadas em http://www.joraga.net – um ESPAÇO na NET – aminhaTEIAnaREDE... desde 09.2002. Ver ainda desde 2011: http://pt.scribd.com/jos%C3%A9_gaspar_35 e http://pt.scribd.com/jose_gaspar_23

Com ca. de 100 trabalhos publicados e ca.de 10.000 consultas / leituras...

 * - deNómios de José Rabaça Gaspar (ver www.joraga.net) não são um pseudónimo nem um heterónimo (exclusivo de Pessoa) mas um neologismo inventado, um NOME (outro), anjo ou demónio, musa inspiradora, que escreve através do autor, o livro ou cada um dos poemas do autor.

Escultura rara de um touro com cerca de três mil anos para ver em Beja

Descrição: F:\_books_google\livros_txt_img_pdf\LendasBeja_2012\imgs_diaporama\touro_2700_anos2.jpg

http://sicnoticias.sapo.pt/cultura/2012/04/30
/escultura-rara-de-um-touro-com-cerca-de-tres-mil-anos-para-ver-em-beja

A escultura, devido à sua raridade, particular relevância científica e valor iconográfico", vai estar patente ao público até ao próximo dia 29 de junho na galeria de exposições da Empresa de Desenvolvimento e Infraestruturas do Alqueva (EDIA), em Beja.

...

A peça, com 23 centímetros de altura, 17 de largura e 45 de comprimento, representa "um touro em posição natural de repouso, deitado sobre o ventre e com a parte traseira ligeiramente recostada sobre a perna esquerda", explica  a EDIA.

A escultura foi recuperada no sítio arqueológico Cinco Reis 8, intervencionado no âmbito da empreitada de construção de uma infraestrutura da rede primária do subsistema de rega de Alqueva, o troço de ligação Pisão-Beja.

O sítio arqueológico Cinco Reis 8 é uma necrópole da 1. Idade do Ferro, "constituída por recintos limitados por fossos de planta retangular, no  centro dos quais se situam sepulturas individuais".

A EDIA, desde o início da construção do empreendimento de fins múltiplos de Alqueva, já promoveu cerca de 1.300 intervenções arqueológicas no âmbito  da minimização de impactes decorrentes das obras do projeto.

Segundo a empresa, as intervenções arqueológicas "têm permitido conhecer em concreto os espaços de ocupação" inseridos nas mais diversas cronologias, da pré-história aos tempos modernos, e tipologias, como necrópoles, habitações e povoados.

"Este conhecimento vem trazer novas luzes sobre o passado e contribuir para uma revisão do atual estado do conhecimento científico", sublinha a EDIA. 

Lusa

 PISTAS de LEITURA curtas:

• A/s LENDA/s do TOURO e da COBRA ou um ÍNDÍCIO / ÍNDICE / SIMBÓLICA da Cidade... do Alentejo... do País...do Planeta... com seus complexos conflitos!!!

• Possivelmente, NÓS, como sociedade, criámos, NÓS próprios, uma série de MONSTROS INSACIÁVEIS e agora, não sabemos “destruir” ou lidar com eles...

Corroios, Primavera de 2012 – O Autor

Descrição: F:\_books_google\livros_txt_img_pdf\LendasBeja_2012\imgs_diaporama\LBeja_005.jpg

AVISO – é evidente que este CONVITE é um CONVITE / INFORMAÇÃO para os Familiares e Amigos, Alunos e Colegas, com quem teve o privilégio de trabalhar como Professor, pois se percebe que nem todos poderão estar presentes em Beja, no dia marcado, mas podemos estar no ESPAÇO ‘akáshico’ da Comunicação Global.

Os que não quiserem ou não puderem ter o LIVRO em papel, podem-no ter em PDF / eBook ou simplesmente, tomar conhecimento do EVENTO que considero importante na minha vida e para uma possível leitura da “Vida e da Morte”.

É um CONVITE para o que considero a minha “Tese de Doutoramento”, “Exame para Cátedra”, a minha “ÚLTIMA AULA” / “ORAÇÃO DE SAPIÊNCIA” de “Professor Jubilado do ISSCCAA e Emérito do IAC/D”. (Esta “ÚLTIMA AULA” é já a 12ª ou 144ª!!!”)

Abraço a todos:
José Rabça Gaspar.


ISSCCAA – Instituto Superior de Superiores Ciências Complementares e Artes Aplicadas.

IAC/D – Instituto Alentejano de Culrura / Desenvolvimento – a evoluir para – Instituto de Animação Cultural / Desenvolvimento.


30-07-2012 9:44:20
Lendas "devolvidas" a Beja
http://da.ambaal.pt/noticias/?id=2031

Pronto desde a década de 80 e a aguardar o momento certo, Lendas de Beja - O touro e a cobra e outras lendas foi recentemente lançado na cidade onde o seu autor, José Rabaça Gaspar, ensinou a língua mãe durante cerca de 20 anos. Uma oportunidade, considera, para "devolver" aos bejenses os seus mitos. Como o que conta como um pequeno povo, reunindo esforços, se livrou de uma serpente devoradora, sacrificando um touro que ainda hoje é o seu símbolo.

Tal como Pessoa tinha os seus heterónimos, tem José Rabaça Gaspar os seus "denómios". Quem são e o que mais os fascina nas lendas e tradições baixo alentejanas?
Estava a ver que ninguém ligava aos meus "denómios". Como "eu não sou, nem sequer, o que eu penso que sou, nem muito menos o que os outros pensam que Eu Sou", senti esta necessidade de eu próprio me poder ler/ver com um nome diferente. Com os meus "denómios", quero contribuir para o enriquecimento da língua com algo que ponha as pessoas a pensar. São mais de mil, mas Sou sempre Eu, em diversas situações e estados de consciência ou até humores. Creio que o que me fascina nas lendas e tradições é a sua originalidade e riqueza, a sua diversidade e atualidade, devido à sua renovação constante pela oralidade.

Lecionou Língua Portuguesa durante cerca de 20 anos em Beja. Lendas de Beja - O touro e a cobra e outras lendas, o seu livro mais recente, é um resultado natural desta longa estadia?
Este livro não é o mais recente. Já estava pronto desde a década de 80 à espera duma oportunidade ou de alguma entidade que o considerasse oportuno. Nasceu da necessidade visceral de mostrar aos alunos com quem tinha o privilégio de trabalhar que a língua materna é a nossa forma telúrica de comunicar, de dizer o que pensamos, o que somos e de saber "ouver" os outros. Concordo que este livro "é um resultado natural desta longa estadia" e a feliz oportunidade que a EDIA me proporcionou de o apresentar em Beja foi a ocasião ideal para devolver as "lendas de Beja" aos seus legítimos proprietários, personalizados nos nomes quase verdadeiros dos alunos que ali aparecem como narradores. A Ana Maria, os três de nome Jorge, a Isabel Mateus, o Carlos, a Fátima dos olhos azuis e o Luís Filipe.

Há ensinamentos a retirar para os bejenses de hoje nas muitas histórias antigas que estruturam toda uma identidade cultural?
Há com certeza, mas eu não tenho ensinamentos a dar. Mesmo como professor, andei sempre a tentar aprender. Os indicadores, as variáveis e formas de expressão que estruturam essa identidade são imensos e têm de ser objeto de estudo e reflexão de uma pluralidade de áreas e especialistas. Como válido e positivo, saliento a recente criação da Casa do Cante, em Serpa. É preciso fazer muito mais? Claro. Conta a lenda que a população se juntou, estudou uma solução, ouviu os "sábios" e "os mais velhos", e pô la em prática. "E, quando se viram livres do 'monstro que tudo devorava' puseram a 'cabeça do touro' nas armas da cidade, para jamais esquecerem a lição". Esta lenda tem só uma dimensão local ou regional ou é mesmo planetária? É uma lenda muito antiga ou tremendamente atual?

José Rabaça Gaspar
74 anos, natural de Manteigas
Através dos seus "denómios" - espécie de "musa inspiradora que escreve através do autor" - José Rabaça Gaspar tem publicadas cerca de uma centena de obras, muitas das quais dedicadas às lendas e tradições baixo alentejanas. Cursou Filosofia e Teologia na Guarda. Frequentou, depois, em Paris um curso intensivo de Animação Cultural para os Povos em Desenvolvimento. De regresso a Portugal, a partir de 1975, passou pelas cooperativas agrícolas e ingressou no ensino oficial como professor de português. Em Beja, lecionou cerca de 20 anos, "procurando levar os alunos a aprender o melhor da língua e da literatura portuguesas, a partir das suas raízes culturais".

Carla Ferreira

No projecto COMENIUS


http://comenius.agr1beja.pt/folkineurope/
http://comenius.agr1beja.pt/folkineurope/docs/legends/PORTUGAL

The legend of Beja
In Portugal, every city has its own legend or tale and Beja is no exception. But in the southern regions, especially in the Alentejo, these legends usually involve enchanted moor maidens, due to the long domination of Arabs on that land, before Christians reconquered the territory. But the legend of Beja does not talk about a moor maiden. Instead, it's a tale about two animals.

A long, long time ago, Beja was just a small hamlet made of thatched houses and inhabited by hunters. Around it you couldn't find the vast wheat fields or the vineyards or even the olive trees you can appreciate now, because it was just dense forest where the locals rarely dare to go in. But one day, a giant, monstrous snake appeared from the forest and started destroying the orchards and farms around the settlement and scaring and killing the people. The snake sieged the hamlet for days, weeks and months. People were starving and terrified. The brave ones tried to fight the giant snake, but they all got killed. Until one day a witty man came up with an idea: they were to choose their biggest, strongest and wildest bull, poison it and send it to face the snake. And so they did. The bull was sent to the forest, carrying a lethal amount of poison within its body. The two beasts struggled. It was a fight like no one had ever seen before. Until, the poison started having an effect on the bull and, already severely wounded by the snake, the bull died and the snake swallowed it, except for the bull's head. A couple of days later the snake was found dead on the edge of the forest lying next to the head of the bull. The population celebrated for days their freedom and the end of their suffering. And up to this day the sacrifice of this bull is portrayed in the coat of arms of the city of Beja, along with the eagles that stand up for the importance of Beja during the Roman Empire, the castle which reminds that Beja has always been a stronghold and the "quinas" meaning that Beja has never beenowned by any lord and that it has always been a town of its people.

2012 09 12 - 9 versões - do Touro e da Cobra (títulos)
(in joraga/tavondo - BUBOK)

Lenda/s do Touro e da Cobra
– BEJA (9 versões…)

 

Esta LENDA, como a VIDA, é uma LUTA interminável, entre o TOURO e a COBRA!

This LEGEND, such as LIFE, is an endless FIGHT, between BULL and SNAKE!

Lenda/s do Touro e da Cobra - BEJA

Legend / s of the Bull and Snake – BEJA

1 - Touro vence a cobra e liberta a cidade… p. 69

1 –The bull wins against the snake and frees the city.

2 - O touro é engolido pela cobra, mas a população mata-a enquanto o digere e a cidade é libertada…
p. 71

2 - The bull is swallowed by the snake, but the population kills it, while the snake digests the bull, and the city is released.

 

3 - A população lança um touro para ser comido pela cobra a fim de libertarem a cidade… p. 73

3 - The population sends a bull to be eaten by the snake in order to liberate the city…

4 - A cobra é envenenada com um touro a que tinham dado veneno e assim é libertada a cidade… p. 75

4 - The snake is poisoned with a bull that had taken poison and so the city is released…

5 - A cobra engole um touro mas é morta por uma manada de touros em fúria e pela população.
p. 77

 

5 - The snake swallows a bull but is killed by a herd of raging bulls and the population…

 

6 - A cidade é livre de um ataque dum exército de mouros com a ajuda de uma manada de touros lançada contra eles.
p. 83

6 - The city is freed from an attack of Moors, with the help of a herd of bulls launched against them…

 

7 - Num dia de tempestade, um Touro Azul descobre uma cidade, que muitos anos antes, tinha sido engolida por um terramoto…
p. 91

7 - On a stormy day, a Blue Bull discovers a city that many years before, had been swallowed by an earthquake…

 

8 - A cobra é fechada numa paliçada, onde metem um touro bravo, que luta até a morte…
p. 96

8 - The snake is enclosed in a stockade, where they put a bull, which fights to the death…

9 - Aqui o vamos encontrar, Amigo Leitor, LENDO ESCREVENDO DIZENDO a sua LENDA… p. 99

9 - Here we will find, Friend Reader, READING WRITING and TELLING his LEGEND…

In “LENDAS de BEJA – o TOURO e a COBRA e outras LENDAS…”, José Rabaça Gaspar (joraga/tavondo), BUBOK, 2012 06

Projecto COMENIUS - Escola de Santa Maria, Beja, 2012 09 16


Boas Vindas às Escolas de:
Filand, Germany, Italy, Poland, Portugal, Turky, United Kingdom

As Lendas de Beja com o David a fazer chegar a apresentação do pai que não fala inglês... e a Ana Paula, da Escola de Santa Maria, projecto 'comenius'...

As 'Lendas de Beja...' a caminho da Polónia - Poland

As 'Lendas de Beja...' a caminho da Turquia - Turkey



As 'Lendas de Beja...' a caminho da Inglaterra - United Kingdom


As 'Lendas de Beja...' a caminho da Itália - Italy

As 'Lendas de Beja...' a caminho da Finlândia - Finland

A assistência ri, com as 'estórias' do Jorge Serafim...


Estava o Serafim, o fabuloso 'contador de estórias' que seduziu todos com o seu inglês expressivo...

Coordenação do Projecto 'comenius' com sede na Escola de Santa Maria, Beja: João Fernandes, Rogério Palma e Ana Paula com...


E-Mail: joraga@netcabo.pt e joraga2000@gmail.com
pelo telefone 212553223 ou pelos Tlm. 917632524
e pelo CORREIO: Rua Almada Negreiros, 48 - 2855-405 CORROIOS.
visite ainda a minha TEIA na REDE além de joraga.net - joraga/alice/osrabaca/serradaesrela/gilvicente/cart2326/

Compatível com IE/Netscape na resolução 800x600
Joraga 2000 em viagem